Jornal COMBATE - 2 publicações Vosstanie Editions

Jornal COMBATE - 2 publicações Vosstanie Editions
Jornal COMBATE - Vosstanie Editions

sábado, 19 de dezembro de 2015

O VOTO, AS ELEIÇÕES, O ESTADO: ARMAS DO CAPITAL




Ediçoes SPARTACUS, Lisboa Janeiro 1975.92p.


Aos trabalhadores interessa acabar com os patrões e não votar lado a lado com eles. Interessa-lhes tomar nas suas próprias mãos as fábricas, as empresas, os campos, etc., e não eleger os seus próprios exploradores.

Assim, as eleições surgem como meio de encobrir estas relações de exploração e a luta que daí resulta. Mais: a burguesia, ao fazê-las, pretende que esta luta de classes se transforme em colaboração de classes, isto é, que os trabalhadores ajudem a exploração de si próprios.

As eleições constituem antes e essencialmente um campo de manobra para os partidos que nelas participam e que representam todas as saídas possíveis, menos a única que interessa historicamente às massas trabalhadoras: á sua emancipação. A emancipação dos trabalhadores é obra dos próprios trabalhadores. Se estes a não realizarem, ninguém a realizará, pois ela não se delega em ninguém e muito menos no Estado capitalista que a impede violentamente e nos partidos que sempre utilizaram o proletariado para os seus fins de partidos defensores da exploração actual ainda que sob outra forma.

De facto, as massas trabalhadoras só se poderão emancipar lutando radicalmente contra todas as instituições burguesas e levando até às últimas consequências a sua destruição, isto é, agudizando o caos económico do capitalismo, contrapondo-lhe e realizando já na prática o comunismo.




Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.